Quarteto Os Chás estreia com a dose certa de lisergia e boas ideias

por em quarta-feira, 12 julho 2017 em

Foto Matheus Sant'Anna
LinkedIn

Já Delírio, EP de estreia do quarteto Os Chás, é daqueles discos que batem na hora: é apertar o play e se deixar levar.

Formada em 2016 por Gabriel Mattos (guitarra e voz), Diogo Menichelli (bateria e percussão) – ambos ex-Hierofante Púrpura-, Thiago Gal (baixo e voz) e Wesley Franco (guitarra), a banda apresenta seis faixas que colocam à lisergia a serviço das ideias, sem exagerar na dose nem forçar a amizade.

Em tempos em que qualquer um que saia batendo uma lata e batendo palmas para o pôr do sol vira a melhor banda de todos os tempos da última semana, chega a ser um alento ouvir música fritada sem pretensões maiores do que relaxar e envolver o ouvinte.

Ouça abaixo, via Soundcloud:

As canções de Já Delírio não vão mudar o mundo, mas podem muito bem mudar o ritmo do seu dia – pra muito melhor. Passada a abertura com a breve e algo sombria “E.E.S.O.D.TV”, caímos no tapete macio que é “Megalomaníaco”. Faixa que já nasce com cara de hit underground, recheada com frases espertas de guitarra, e uma letra que pode ser lida como crônica da era de excessos que a tal “nova cena psicodélica” brasileira periga virar.

A princípio, pode parecer uma caricatura ou uma boutade com endereço certo, não fosse a autocrítica e simpatia inerente. Manhoso, Gabriel canta a megalomania do título e dá voz derretida ao personagem que quer “mandar em tudo, assistir tudo, fumar tudo”. Mas no finzinho do refrão, ele admite, quase para si mesmo: “Eu não estou em paz/ Se não tiver mais”.

Como para confirmar, a faixa seguinte leva essa busca ao extremo. “Morocco” tem seis minutos, didgeridoo e cítara indiana no arranjo (ambos pilotados por Mario Gascó) e quase ultrapassa os limites. Mas fica só no quase, porque a banda sabe a hora de parar e dizer chega.

Na segunda metade do disquinho, as assobiáveis “Plano Fantástico” e “Senhor Tubarão”, invocam a boa memória dos alagoanos da Mopho, como bem observou o companheiro de redação Hugo Morais ao comentar o single “Tô Meio Dócil”, que soltamos aqui há algumas semanas. Mas Os Chás têm personalidade própria e estão chegando agora, com muita história para contar entre o sonho e o som. Que venham mais delírios, já.

Já Delírio foi gravado e Mixado por Taian Cavalca no Mono Mono Studio (Janeiro/Maio 2017), e masterizado por Hugo Falcão no Mono Mono Studio (Maio 2017), Já Delírio sai pelo selo carioca Transfusão Noise Records.