Ouça Música de Preto, primeiro single do terceiro disco de Negu Edmundo

por em sexta-feira, 4 maio 2018 em

LinkedIn

Negu Edmundo é bem conhecido de quem tem mais de 30 anos em Natal. Mas a juventude não o conhece tanto por ele ter ido para São Paulo em 2009 e segue por lá. Foi integrante do Embolafunk e do Agregados Família do Rap (1995 – 2003). Em São Paulo se destacou pela versatilidade de unir ritmos jamaicanos com a musicalidade e cultura africana, que é base de estudo dele.

Lançou em 2008 seu primeiro disco, Música de Preto, e em 2014 o EP Potiguar Xire Sistema Sonoro com três músicas e três versões dub delas. Participou de coletâneas no Brasil e no exterior Roots and bass music fron Brazil “vol 1; vol 2” (Kafundó Records), Historis Reais Mix Tape (Dubatak Records), Feeling Irie (Pipa Music), Half Man Half Clap (SuperSan) entre outras, sendo destaque em playlists e podcast de rádio e blogs pelo mundo a exemplo do jornal inglês The Guardian e rádio Mukambo (BEL).

Atualmente prepara o lançamento do seu terceiro disco intitulado Nguzu (unguzu) produzido por Thiago Duar e MAU, gravado em parceria com a banda Rockers Control, e como convidados participações de Toca Ogan (Nação Zumbi), Mauricio Fleury (Bixiga 70), Marieta-Massa Rock, Guilherme Arantes, Layla Arruda, entre outros.

O single “Música de Preto” já está no ar e traz as influências que caracterizam a sonoridade de Negu Edmundo.