Ângela Castro e Buena Onda estreiam com disco pop equilibrado

por em sexta-feira, 4 maio 2018 em

angela
LinkedIn

Ângela Castro é uma velha conhecida da música natalense. A frente do Rosa de Pedra, do Bando das Brenha ou da Orquestra Greiosa sempre é ela responsável pela leveza da voz. Uma voz que transmite a sensação de fluidez do mar ou do aconchego do forró a dois. Em seu disco solo Ângela Castro se cerca de músicos experientes, assim como nas outras duas bandas, e explora o que há de melhor entre as três. Seja nas letras ou na musicalidade que passeia entre o romântico e o dançante através de ritmos distintos como o rock e o dub. Destaque para “Demora Não” que pode ser ouvida tanto no Rosa de Pedra como no Bando das Brenha com diferença entre os arranjos, mas com o mesmo sentimento acolhedor.

A produção é de Gabriel Souto que toca com ela e já a conhece há muito tempo, sabe o que cai bem e aplica isso na transição entre estilos sem que o disco perca a consistência. Pelo contrário, é um disco coeso do começo ao fim. Com direito a momentos mais solares e outros mais intimistas.

Foto: RadaR

Ficha Técnica:

Produção musical e arranjos: Ângela Castro e Gabriel Souto
Produção executiva: Babi Baracho e Priscilla Vilela
Arranjos de metais: Gilberto Cabral
Gravado por: Gabriel Souto e Ian Medeiros no Estúdio Cantilena
Mixado por: Gabriel Souto no Estúdio Suami
Masterizado por: Arthur Joly no Reco-Master Analog Mastering Studio
Projeto Gráfico: Rita Machado

Gravado entre novembro/2016 a junho/2017 no estúdio Cantilena. Exceto “Qualquer um”, gravada em janeiro/2015 no Estúdio Suami.